Siga nas Redes Sociais

Geral

Frajola: “muita gente vem pra fazer o que já está feito, meu propósito não era esse”

Publicado

em

Foto: Verner Brenan

Há 3 anos na Banda Magníficos, o capixada Fernando Frajola vem construindo sua trajetória no grupo paraibano. Ele sabia que não ia ser fácil, tendo em vista que a “Preferida do Brasil” possui uma história de quase 25 anos. Músicas foram eternizadas nas vozes de outros cantores, o que torna mais difícil imprimir um estilo próprio. Obstáculo que vem sendo superado pelo cantor.

“É uma trajetória caçula ainda. A banda tem mais de 25 anos de história e eu venho incrementando minha qualidade junto com a história da banda, o que é difícil. Muita gente vem pra fazer o que já está feito, meu propósito não era esse. Quando Jota me chamou eu perguntei logo se podia colocar meu temperozinho”, disse em entrevista exclusiva ao Forró Dicumforça.

Além de gravar sucessos novos como “Boneco de Neve, Menos Eu e Vaga 52”, Frajola deu novas versões para canções históricas da Magníficos como “Você nunca me amou”. A ousadia, segundo ele, é necessária.

“Igual todo mundo já é, então a gente tem que mostrar que é diferente e fazer diferente. Graças a Deus a aceitação está sendo muito boa”, disse.

Sobre as críticas, Frajola demonstra maturidade na hora de encará-las. “É normal demais. Eu já sou acostumado com essas coisas. Quando você tem uma história, você montou aquilo ali. Aquele quebra-cabeça está todo montado. A partir do momento que você esbarra nele, ele desmorona e vai ter peça que não vai encaixar. A mesma coisa é quando entra um cantor novo”, declara.

Frajola durante gravação do novo DVD da banda em Recife. Foto: Verner Brenan

Para o cantor, o que é bom não deixará de ser nunca, mas é preciso evoluir. “O povo diz que tem que fazer igual ao que era antes e era bom. Era. Não vai deixar de ser bom nunca, mas a gente precisa de mudança para evoluir. Esse esquema de dizer que fulano parece com sertanejo, com não sei o quê, é normal. Isso a gente releva e acho até engraçado. Até então tem crítica que é construtiva e a gente olha e realmente vê que tem que melhorar”, finaliza.

A banda está na contagem regressiva para o lançamento do DVD gravado na Oficina Francisco Brennand, em Recife.

Comentários

Geral

Forró dos Plays contrata a ex-Calcinha Preta Michele Menezes

Publicado

em

Por

A banda Forró dos Plays anunciou na tarde desta quinta-feira (21) a contratação de Michele Menezes, ex-Calcinha Preta e Mulheres Perdidas. Ela vai dividir o palco com Jobson Mascarenhas, que também já passou pela Calcinha Preta.

Nas redes sociais, Michele disse: “É oficial. Vamos apertar o Play”.

Jobson também comentou a contratação nas redes sociais. “É com imenso prazer que anunciamos a nova cantora da banda Forró dos Plays, Michele Menezes, Ex-cantora da Banda Calcinha Preta, Mulheres Perdidas, Caviar com Rapadura, para junto com Jobson Mascarenhas somar nesse novo Projeto”, afirmou.

A cantora Sarah Reis também se manifestou nas redes sociais, mas para anunciar o seu desligamento da banda. Ela ingressou no grupo logo após a saída de Ohara Ravick, que assumiu os vocais da Banda Magníficos.

Comentários

Continue Reading

Destaque

Sai clipe de Walkyria Santos e Solange Almeida: “De Duas Uma”

Publicado

em

Por

Foto: Divulgação

Saiu nesta terça-feira (19), o clipe que Walkyria Santos e Solange Almeida gravaram juntas. A canção escolhida foi “De Duas Uma”.

Nos bastidores as duas fizeram a maior bagunça. No instagram de Walkyria, Solange chegou a dizer que eram as “dinossauras do forró”. “Temos história”, disse Solange, elogiando a canção gravada com Walkyria.

Já Walkyria não escondeu que estava emocionada. “Estou emocionada. Muito legal fazer esse trabalho”, afirmou Walkyria.

É a segunda vez que as duas beldades do forró gravam uma canção juntas. A primeira foi quando Walkyria ainda era vocalista do Solteirões do Forró.

Assista

Comentários

Continue Reading

Geral

Ônibus de Tony Guerra tomba em rodovia do Ceará

Publicado

em

Por

O ônibus do cantor Tony Guerra tombou, por volta das 20h20 desta sexta-feira, na BR-116 em Messejana, distrito de Fortaleza.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal repassadas ao Diário do Nordeste, oito pessoas – sendo sete homens e uma mulher – foram socorridas com escoriações, mas sem gravidade.

Ainda não se sabe se Tony Guerra estava no ônibus. Um veículo modelo Celta teria passado na frente do ônibus, provocando uma manobra brusca, que terminou no tombamento.

Comentários

Continue Reading

Mais Lidas