Lives promovem grandes encontros sonhados por fãs há anos

A pandemia causada pelo novo coronavírus forçou todo mundo a ficar em casa. Os grandes shows com público saíram de cena e deram lugar as lives. Para alguns, esse formato de apresentação é cansativo, mesmo o espectador estando no sofá da sala. Mas para muitos, as lives proporcionaram momentos que provavelmente nunca seriam vividos em um show normal. No forró, por exemplo, aconteceram encontros de artistas esperados por décadas.

Um deles quebrou a internet. A live Quarteto Fantástico trouxe de volta uma formação marcante da banda Mastruz com Leite: França, Aduílio, Bete e Kátia. Foram mais de 5 horas do mais puro forró.

Outro momento que mexeu com os fãs foi a comemoração dos 30 anos do Forró Real. No mesmo palco, ao vivo e a cores: Fernandinho, Manu Castro, Sebastian, Nildinha, Taty Girl, Samyra, Janaina Alves, Gil Mendes, Laninha, Nenem Cat e Suzy Navarro.

E o que falar da live com Batista Lima, Edson Lima e Simara Pires? Os fãs da Limão com Mel esperaram muito por esse reencontro.

A turma que acompanha a Magníficos desde os anos 90 também teve o seu presente. Walkyria Santos, Luciene e Neno se juntaram como antigamente e levaram a internet a loucura.

Os fãs do Noda de Caju também viveram um momento único com a live “Amigos como Antigamente”, que reuniu Jaim, Claudinho, Iara e Roberta. As duas cantoras estavam há mais de dez anos sem se encontrar.

Outra live para ficar na história foi o encontro no mesmo palco das bandas Líbanos, Tropykália e Noda de Caju.

Outra apresentação que deu o que falar, com direito a derrubada da live, foi a de Mirella e Lenno. Os dois ex-integrantes da Desejo de Menina mataram a saudade dos fãs com interpretações de tirar o folêgo. O sucesso foi tanto que teve repeteco.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *